Conexão de 500 kbps pode gerar renda adicional de US$ 70 ao mês por domicílio no Brasil.

Já era de conhecimento do mercado a estimativa do Banco Mundial de que a cada 10% de aumento de penetração da banda larga, o Produto Interno Bruto (PIB) do país pode crescer 1,38%. Agora, um estudo elaborado pela Ericsson em parceria com a universidade sueca Chalmers e a Arthur D. Little se propõe a mensurar o impacto positivo da banda larga na renda total dos domicílios conectados.

O "Measuring the Impact of Broadband On Income", divulgado nesta terça, 21, pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) destaca a importância da conectividade como meio de acesso a serviços avançados de comunicação, o que aumenta a produtividade das pessoas, contribui no acesso a mais informações e capacitação profissional para competir no mercado de trabalho.

O levantamento, que comparou oito países desenvolvidos (Alemanha, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Reino Unido e Suécia) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) com o bloco dos emergentes Brasil, China e Índia (BIC), aponta que há uma velocidade mínima de acesso em alta velocidade para que haja de fato algum ganho de renda domiciliar; que os benefícios são não-lineares e que se dão em degraus. Mas o mais interessante é notar que a velocidade mínima difere entre os dois blocos comparados, assim como o tamanho dos ganhos com upgrades de velocidades.

Em países desenvolvidos, a banda larga começa a gerar efeitos positivos a partir de 2 Mbps de velocidade, mas o maior ganho vem com o upgrade da velocidade de 500 kbps para 4 Mbps: uma renda adicional de US$ 322 ao mês para a residência. Para aqueles lares sem conectividade e que passam a ter Internet de 4 Mbps, o aumento na renda doméstica é de US$ 182 ao mês, ou US$ 2,1 mil por ano. Já no aumento de velocidade de 4 Mbps para 8 Mbps, o a renda familiar do domicílio agrega outros US$ 120 ao mês.

Fonte: CONAPSI 
Share:

Aviso importante!

Não realizamos upload dos ficheiros, apenas reportamos os links que encontramos na própria Internet. Assim, toda e qualquer responsabilidade não caberá ao administrador deste blog. Este blog não tem como objetivo reproduzir as obras, apenas divulgar o que foi encontrado na Internet. Os filmes aqui informados são de cunho científico assim como as séries, as quais são produzidas para exibição em TV aberta. Uma vez que a série não tenha sido ripada de um DVD, ou seja, a mesma foi gravada do sinal de TV aberta com o respectivo selo da emissora. Não é caracterizado crime, pois a mesma foi produzida para exibição pública. Será crime quando for realizado venda desta série ou filme. Quem efetuar download de qualquer ficheiro deste blog, que não tenha seu conteúdo de base Open Source (Código Aberto), ou FOSS (Free Open Source Software), deverá estar ciente que terá 24 horas para eliminar os ficheiros que baixou. Após assistir e gostar do filme ou série, adquira o original via lojas especializadas. Se algo contido no blog lhe causa dano ou prejuízo, entre em contato que iremos retirar o ficheiro ou post o mais rápido possível. Se encontrou algum post que considere de sua autoria, favor enviar e-mail para suporte@delphini.com.br informando o post e comprovando sua veracidade. Muito obrigado a todos que fizeram deste blog um sucesso.

Creative CommonsEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando nome do autor, data, local e link de onde tirou o texto). Você não pode fazer uso comercial desta obra.Você não pode criar obras derivadas.

Google+ Followers

Nossos 10 Posts Mais Populares