Engenharia Social ou Assassinos Econômicos?


A.B.Delphini™: Recebi um mail com conteúdo interessante sobre o peixe "PANGA" ou "PEIXE GATO", logo, resolvi investigar a veracidade dos fatos, vamos a eles:

Setor pesqueiro pressiona Governo Federal para suspender importação de pangasius do Vietnã
17-Ago-2010

Encontro entre representantes do setor e ministro da Pesca, Altemir Gregolin, aconteceu no dia 9 de agosto, em Brasília

Após o presidente do Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura (Conepe), Fernando Ferreira, e representantes do setor pesqueiro de todo o Brasil pressionarem o Governo Federal no dia 9 de agosto para que seja suspensa a importação do peixe pangasius do Vietnã, o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) decidiu iniciar uma análise de risco para apurar se as denúncias contra a importação do “panga” vietnamita realmente podem causar danos à saúde por contaminação.

Fernando Ferreira acompanhado dos representantes dos principais sindicatos e indústrias do país reuniram-se em Brasília com o ministro da Pesca, Altemir Gregolin, e cobraram urgência quanto a suspensão da importação do panga vietnamita. “Há indícios de que o produto vendido ao Brasil tenha teor acima do permitido de um antibiótico que aumenta a retenção de água na carne do peixe, além de clareá-la, o que facilita sua comercialização no supermercado. São peixes com alto risco de contaminação”, alertou o presidente do Conepe.
O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Camarão (ABCC), Itamar Rocha, apoiou Ferreira e disse que o Brasil tem condições de aumentar a produção e evitar a entrada do panga vietnamita no país. “Conseguimos suspender a importação do camarão e não vai ser agora que não vamos conseguir este pleito. Este tipo de peixe, ao entrar no país, não contribui para economia brasileira. Temos capacidade de ampliar a produção e gerar mais emprego”, afirmou Rocha.

O ministro da Pesca, Altemir Gregolin, disse ao setor que “será feito uma análise de acordo com critérios estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde Animal”
Segundo o secretário de Monitoramento e Controle do ministério, Eloy de Sousa, foi encaminhado ao Ministério da Agricultura pedido de suspensão da licença de importação do produto até que seja concluída a análise.

Na manhã do dia 9 de agosto, antes do encontro com Gregolin, o presidente do Conepe, Fernando Ferreira, reuniu-se com o secretário de defesa agropecuária, Francisco Jardim, e com o diretor de programas da área animal, Enio Marques, para saber o que faltava para que a suspensão fosse aceita. Segundo Jardim e Costa falta apenas autorização do Ministério da Pesca e garantiram que o pleito será aprovado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 

Concorrência desleal

O panga começou a ser importado do Vietnã no começo de 2010 e somente no primeiro semestre deste ano, foram importadas 3,3 mil toneladas do panga, no valor de US$ 6,6 milhões.

Além do risco à saúde que ainda será analisado, tanto os trabalhadores armadores quanto o setor industrial da cadeia do pescado reclamam que o preço do produto está abaixo do valor de custo de alguns similares brasileiros, como o mapará, da Amazônia, e a tilápia. Enquanto o preço do panga importado é de R$ 3,50 o quilo, os similares nacionais saem por cerca de R$ 7.

Essa diferença tem sido colocada pelo setor como a causa de mais de 3 mil demissões na indústria de peixe de Santa Catarina e cerca de 2 mil na Região Norte.

 “É o caos no mercado interno brasileiro”, afirmou Ferreira. Segundo ele, várias empresas estão com estoques parados devido à importação desordenada do peixe vietnamita. “Ao todo, foram demitidos cerca de 5 mil profissionais que trabalham no setor da pesca”, completou. 

De acordo com o especial “Caos no mercado interno brasileiro”, publicado na última edição do Conepe Informa, o peixe é Criado em rios com condições precária de sanidade

Consequências da importação desenfreada do peixe

Para tentar evitar a falência de várias empresas brasileiras e o desemprego de milhões de pescadores, o presidente do Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura (Conepe), Fernando Ferreira, acompanhado do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB/RN) e de representantes das principais federações, sindicatos e indústrias do setor no país, reuniram-se no dia primeiro de junho com o ministro da Agricultura, Wagner Gonçalves Rossi, para alertá-lo quanto à importação desenfreada de “panga” do exterior.  

Fernando Ferreira disse ao ministro da Agricultura, Wagner Rossi, que quanto mais rápido impedir a entrada deste tipo de pescado no país, o setor fornecerá melhores resultados quanto às iniciativas de cultivo da aqüicultura nacional, que atendem ao Plano Mais Pesca e Aquicultura do Governo Federal, que tem como meta aumentar a produção e consumo nacional de pescados.  

O representante do Sindicato das Indústrias de Pesca de Itajaí (Sindipi), Fernando Neves, reforçou o alerta quanto à importação do peixe e disse que mais de 600 pescadores tiveram que ser demitidos porque grande supermercados preferem o pescado mais barato do Vietnã, dificultando a produção nacional e quebrando várias empresas brasileiras. 

O representante do Sindicato da Indústria de Pesca dos estados do Pará e Amapá - SINPESCA, Armando Burle, expôs o mesmo problema, citando, como exemplo, a demissão de mais de 400 pescadores em sua região. 

O senador Garibaldi Alves Filho (PSDB/RN) pediu maior atenção do ministro quanto ao caso, pois “a situação em que se encontra o setor realmente é crítica. O peixe contribui com uma grande porcentagem para o PIB brasileiro, o setor não pode ser esquecido”, reforçou. 

O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN) e o presidente da Câmara, Michel Temer, também apóiam o setor quanto à solicitação de suspensão da importação do panga do Vietnã. Sempre que possível, o deputado Henrique Alves participa das reuniões entre o setor pesqueiro e o Governo Federal, contribuindo com articulações políticas para agilizar aprovação do pleito do setor, pois reconhece que a demanda deve ser resolvida o mais rápido possível, devido às grandes demissões de profissionais que trabalham na área e da desordem que o panga, ao entrar no Brasil, causa no mercado interno.

Wagner Rossi solicitou que o setor providenciasse técnicos para consolidar dados de importação do panga e formalizá-los em documentos oficiais para apresentá-los à Câmara de Comércio Exterior (Camex) e incluir o pescado na lista de exceção da Camex. “Até o final do mês de junho, nos reunimos novamente para decidir os próximos passos”, propôs o ministro.

No dia 27 de maio, o presidente do Conepe reuniu-se com o ministro da Pesca, Altemir Gregolin, onde também expôs o problema da importação de pangasius. Gregolin afirmou que será feito uma nova missão ao Vietnã para saber in loco o que está acontecendo. “O segundo passo, será incluir o pangasius na lista de exceção da Camâra de Comércio Exterior – Camex”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Conepe
 
A.B.Delphini™: Bom após esta informação convido você a assistir o vídeos abaixo:









A.B.Delphini™: Somos formadores de opiniões, e temos que nos perguntar, como que um peixe do outro lado do mundo chega ao Brasil mais barato que os que são criados aqui?

Claro alguma coisa esta errada, muito errada, mas isto não nos da o direito de denegrir a imagem de um pais que sofreu uma guerra de um pais responsáveis por assassinar financeiramente outros países.

Quanto ao mail não vale a pena comentar e um artificio "PAGO" por alguem ou por um setor que tem interesse em fazer com que a população não compre os produtos citados nele.

O que a população, que são como "BATERIAS" descartaveis na matrix não sabe é que temos hoje ótimos, mas ótimos "ENGENHEIROS SOCIAIS" uma nova mutação dos crackers e alguns lammers.

Estes mails tem apenas dois motivos:
Primeiro - juntar o maior numeros de mails possiveis para ser vendido para campanhas de markenting. Isto mesmo as empresas que investem em markenting em massa, mantem este mercado negro da matrix.

Segundo - criar kaus desorganizado fazendo com que a população não pense por si so. Mas que dançe conforme a música.

Os fatos estão acima relacionados seja inteligente pense, pare, investigue, não continue sendo "BATERIA" descartável.

Produto do outro lado do mundo:
preço do panga importado é de R$ 3,50 o quilo.

Produto produzido aqui no Brasil:
os similares nacionais saem por cerca de R$ 7,00.

Como diz o Boris "isto é uma vergonha!!"

Para finalizar a unidade da Pro Teste do Brasil em Portugal (Deco - Teste) fez uma analise no peixe que é o mesmo consumido no Brasil e Portugal veja o resultado da analise em laboratório.




Pense bem antes de enviar um mail, investigue primeiro, se não souber como pesa ajuda dos universitários!!!


Share:

Aviso importante!

Não realizamos upload dos ficheiros, apenas reportamos os links que encontramos na própria Internet. Assim, toda e qualquer responsabilidade não caberá ao administrador deste blog. Este blog não tem como objetivo reproduzir as obras, apenas divulgar o que foi encontrado na Internet. Os filmes aqui informados são de cunho científico assim como as séries, as quais são produzidas para exibição em TV aberta. Uma vez que a série não tenha sido ripada de um DVD, ou seja, a mesma foi gravada do sinal de TV aberta com o respectivo selo da emissora. Não é caracterizado crime, pois a mesma foi produzida para exibição pública. Será crime quando for realizado venda desta série ou filme. Quem efetuar download de qualquer ficheiro deste blog, que não tenha seu conteúdo de base Open Source (Código Aberto), ou FOSS (Free Open Source Software), deverá estar ciente que terá 24 horas para eliminar os ficheiros que baixou. Após assistir e gostar do filme ou série, adquira o original via lojas especializadas. Se algo contido no blog lhe causa dano ou prejuízo, entre em contato que iremos retirar o ficheiro ou post o mais rápido possível. Se encontrou algum post que considere de sua autoria, favor enviar e-mail para suporte@delphini.com.br informando o post e comprovando sua veracidade. Muito obrigado a todos que fizeram deste blog um sucesso.

Creative CommonsEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando nome do autor, data, local e link de onde tirou o texto). Você não pode fazer uso comercial desta obra.Você não pode criar obras derivadas.

Google+ Followers

Nossos 10 Posts Mais Populares