D-Link Technology Institue (DTI) - Certificação Gratuita

A D-Link Technology Institue (DTI) surge como resultado da demanda existente no mercado por especialistas em tecnologias digitais e pela responsabilidade que temos como empresa em atender necessidades educativas e de formação em todo o âmbito social. Pensando nesta demanda a D-Link criou três niveis de certificações, a saber: D-Link Basic Certification, D-Link Technical Certification e D-Link Adavanced Certification.

Para inscrever-se no DTI é muito simples, pois basta acessar o site http://www.dlinkla.com/dti/ e registrar-se. Pronto, dentro de alguns instantes você receberá uma confirmação via e-mail, podendo iniciar seu curso on-line. Segundo relatos de pessoas que já fez estudou o material não encontrou dificuldades.

Garanta já sua inscrição, pois o conhecimento é sempre favorável para nosso dia-a-dia.

Abraços,

Fonte: http://www.dlinkla.com/dti/

Certificação em IPv6 - Gratuita!


Alguém entre nós é “certificado” em IPv4? Pois é, até nisso o IPv6 tem algo de novo... Já foi criado o primeiro serviço gratuito de certificação em IPv6 pela pioneira HE Internet Services.
A HE é uma empresa norte americana situada na Califórnia, e com negócios nas áreas de Backbone de Internet, Colocation, Conexões de Internet Diretas, etc. Eles rodam múltiplos OC192s, OC48s, e Gigabit Ethernet pelo mundo.
Além disso, eles funcionam como PTTs, Tunnel Broker e, o mais nos interessa (e é o motivo deste post!), eles criaram uma Certificação em IPv6!
O objetivo do HE é certificar a habilidade de configurar o IPv6, e validar a configuração IPv6 dos nossos servidores.
Através do conjunto de testes do site, você será capaz de:

  • Provar que você tem conectividade IPv6
  • Provar que você tem um servidor web funcionando em IPv6
  • Provar que você tem um endereço de e-mail IPv6 funcionando
  • Provar que você navega por DNS IPv6
  • Provar que você tem um DNS reverso IPv6 para o servidor de email funcionando
  • Provar que você tem servidores de nomes com endereços IPv6 que podem responder a consultas via IPv6
  • Provar seu conhecimento sobre tecnologias IPv6 através de testes rápidos e fáceis.

Nesta certificação, você também vai poder mostrar que está familiarizado com os seguintes conceitos IPv6:

Formato dos endereços IPv6
Registros AAAA
DNS reverso para o IPv6
Endereço localhost IPv6
Rota padrão IPv6
Prefixo IPv6 utilizado em documentação
Prefixo IPv6 para link local
Prefixo do multicast IPv6
Como fazer um ping IPv6
Como fazer um traceroute IPv6
Prefixos IPv6 mais comuns, como /64 /48 e /32
... e muito mais!

Os usuários dizem que o serviço de certificação gratuita em IPv6 do Hurricane Eletric é ao mesmo tempo divertido e educativo.
A idéia é proporcionar a todos nós um algo a mais depois do primeiro ping6 (comando ping em IPv6) !!!


No lado direito do site tem uma série de links interessantes sobre o assunto:
Certification
Tunnelbroker
Free DNS
BGP Toolkit
Forums
FAQ
Video Presentations
IPv6 Blog Posts
Usage Statistics
Tunnel Server Status
Network Map
Looking Glass (v4/v6)
Route Server (telnet)
Global IPv6 Report
IPv6 BGP View

O projeto chama-se Hurricane Electric Free IPv6 Certification e está disponível no site:
Depois que vocês se cadastram, ele manda um email com seu usuário e uma senha provisória.

Fonte: netfindersbrasil.blogspot.com

Calculadora IP e Simulador de Redes Cisco Free


O NetSimk permite simular redes Cisco e possui caracteristicas que o difere dos demais: possui uma Calculadora IP integrada com uma barra deslizante permitindo a visualizacao dos bits de subnets e supernets, alem de gerar erros aleatorios nas configuracoes criadas e muito mais ...

Esta semana estou participando de um evento em Curitiba e estou sem tempo de postar. Esta dica veio do Prof. Luis Carlos Lobato, Coodenador de Cursos da Escola Superior de Redes (ESR).

O Netsimk e usado pelo Prof Lobato para as aulas de introducao a Roteamento IP na ESR. Muito compacto, possui apenas 1,5 Mb e nao precisa ser instalado, apesar de nao ter suporte para EIGRP e OSPF (prometidos para uma nova versao em dezembro/2010), o NetSimk eh muito didatico, permite a digitacao de muitos comandos do IOS e tem um recurso que o Packet Tracer e o GNS3 nao possuem: a capacidade de gerar falhas aleatorias nas configuracoes criadas forcando o aluno a realizar troubleshooting (basta teclar com o botao direito sobre o router ou switch escolhido e definir o numero de falhas).

A calculadora IP disponivel no menu utility tambem tem um diferencial importante, permite deslizar um divisor de bits que mostra o impacto de se utilizar bits das porcoes de rede e host para criar subnets e supernets, exibindo os blocos logo abaixo da regua de bits.

Vale a pena conferir:
http://www.netsimk.com/


Fonte: http://netfindersbrasil.blogspot.com

Qual o melhor simulador de redes para estudo do CCNA?

Esta é um pergunta clássica! Para falar a verdade, para o CCNA você não precisaria de nenhum… a prova é muito mais teórica do que prática e, mesmo tendo uma ou duas questões que fazem uso de simuladores, estas normalmente são extremamente simples e qualquer um que tenha estudado (mesmo que apenas por livros) consegue resolve-las fácil e rapidamente.
O uso de simuladores é positivo no sentido em que ajuda o estudante a ter uma visão mais prática do assunto. Para o caso de exames mais avançados como CCNP ou - claro - CCIE, experiência prática já passa a ter uma importância bastante elevada.
Bom, dito isso, qual o melhor software de simulação disponível? Existem vários! Vocês já devem ter ouvido falar do Boson Netsim, Cisco Packet Tracer, dentre outros. Estes softwares são MUITO bons para estudo do CCNA, e normalmente, mais do que suficiente em termos de recursos. Existe, porém, um outro software chamado Dynamips (Dynagen), que encontra-se classificado em outra categoria: A dos EMULADORES. Diferentemente dos simuladores já conhecidos, o Dynamips recria as características reais de um router Cisco em seu PC! A vantagem do Dynamips é que ele emula roteadores high-end, como os da linha 7200, por exemplo. Por se tratar de emulação - e não simulação - uma imagem real de IOS (software que roda nos roteadores Cisco) deve ser usada.

O software é tão bom que muitos candidatos ao exame CCIE estão adotando-o como base para seus estudos práticos, e com resultados bastante positivos. Além do realismo - afinal, é um roteador Cisco rodando em seu PC - ele permite que o ambiente emulado se conecte à ambientes reais. Ou seja, você pode conectar seu lab virtual à um switch real ou à um router real, usando a porta Ethernet do seu PC. Vale a pena conferir este software!

O melhor de tudo é que ele é 100% FREE! Você pode baixa-lo no link abaixo.
http://sourceforge.net/project/showfiles.php?group_id=160317

O tutorial completo para utilizar este software encontra-se no link abaixo:
http://dynagen.org/tutorial.htm

Fonte: http://blog.ccna.com.br

Firefox 6 já está disponível para download


Por Redação do IDG Now!
Publicada em 15 de agosto de 2011 às 17h33
A promessa é de que o desempenho melhore significativamente, tanto no tempo de inicialização quanto na velocidade de abertura das sites.
A versão final do Firefox 6 já está disponível para download. Embora seu lançamento oficial esteja marcado só para a próxima quinta-feira (18/08), o navegador, como de costume, já se encontra nos servidores da Fundação Mozilla, o que permite aos usuários o terem na máquina antes mesmo de sua liberação.
São poucas as mudanças em relação ao modelo anterior. A maioria delas não será notada de primeira, pois está na parte interna do software. A promessa é de que o desempenho melhore significativamente, tanto no tempo de inicialização quanto na velocidade de abertura das sites.


O suporte do browser à tecnologia HTML5 foi aprimorado, assim como o gerenciamento de plugins. Além disso, a performance do navegador em sua versão para Linux será similar à disponível para Windows. Por fim, o recurso Panorama ganhou mais opções de personalização – quando ele estiver desabilitado, por exemplo, as páginas dos grupos não serão carregadas.
As pequenas alterações fazem parte da nova estratégia da Mozilla. No começo deste ano, ela anunciou que passaria a atualizar seu principal produto com uma constância maior, da mesma forma que a Google faz com o Chrome. Para se ter uma ideia, enquanto o Firefox 4 – em relação ao terceiro modelo - demorou três anos para ser desenvolvido, o Firefox 5 precisou de apenas três meses.
Assim, é muito provável que a Fundação cumpra seu cronograma e libere a sétima versão do navegador até o fim do ano. Para esta, a expectativa é a de o consumo de memória seja reduzido drasticamente; Nicholas Nethercote, um de seus desenvolvedores, afirmou que o corte será de até 50%.
  • Firefox 6 (Windows): Baixe aqui.
  • Firefox 6 (Linux): Baixe aqui.
  • Firefox 6 (Mac OS X): Baixe aqui.

libpri 1.4.12 já está disponível


A equipe de desenvolvimento do Asterisk anunciou o lançamento da versão 1.4.12 libpri. Esta versão está disponível para download imediato em http://downloads.asterisk.org/pub/telephony/libpri/
Os seguintes são alguns dos problemas resolvidos neste release:
  • Incluir chamada de troca de transferência de subaddresses apoio e fix sinalização PTMP transferência de chamadas.
  • Inválido PTMP redirecionando sinalização TE para NT.
  • Adicionar Q931_IE_TIME_DATE a mensagem CONNECT, quando em modo de rede. 
    (Edição n º 18.047 (JIRA PRI-114) Relatado por:.. Wuwu corrigidos por rmudgett)
  • Troca de master / slave em pri_enslave () incorreta. 
    (. Edição # 18769 (JIRA PRI-120) Relatado por:. Jcollie corrigidos por jcollie)
  • Fix peculiaridades I-frame retransmissão.
  • Bater se swaps NFAS canais D em uma chamada com um temporizador ativa.
  • DMS-100 não receber chamadas nome anymore. 
    (Edição n º 18.822 (JIRA PRI-121) Relatado por:.. Cmorford corrigidos por rmudgett)
  • Canal B perdeu por chamada em modo de BRI PTMP NT.
  • Implementar o temporizador T312 obrigatória para NT PTMP chamadas CONFIGURAÇÃO broadcast.
Este comunicado contém vários recursos novos, entre eles:
  1. ETSI e SIG Q. Chamada Serviço Complementar de conclusão (CCSS) apoio
  2. ETSI aviso de bateria (AOC) apoio
  3. ETSI Explicit Call Transfer suporte (ECT)
  4. ETSI Call Waiting suporte para telefones RDIS
  5. ETSI apoio ID de chamada maliciosa
  6. Adicionar Mostrar opções de tratamento de IE texto.
Para obter uma lista completa de mudanças nesta versão, consulte o ChangeLog:
Obrigado por seu apoio contínuo do Asterisk!

Copiar site sem acesso ao FTP – HTTrack


Precisa copiar um site e não têm os dados de acesso ao FTP?
Quer acessar um site para navegação offline?
O HTTrack é um programa para navegação offline, ou seja, um software que lhe permite navegar por páginas armazenadas mesmo que você não esteja conectado. Para isso, o programa faz o download de todo o conteúdo de uma página para uma pasta em seu computador.
Este conteúdo inclui código HTML, imagens e outros arquivos necessários para a visualização do site. Toda a estrutura de links é mantida, bastando abrir o conteúdo armazenado através do seu navegador.
O HTTrack ainda pode atualizar um site copiado, resumir downloads interrompidos.
São cinco passos básicos para ter uma página copiada no seu HD: escolher o nome de um projeto e pasta para salvar os arquivos, preencher os endereços, definir conexões, esperar a transferência e conferir o resultado.
São sete maneiras para baixar uma página: baixar seu conteúdo normal, baixar conteúdo interativo, baixar arquivos separados, baixar todos os sites em páginas, testar links nas páginas, continuar um download interrompido ou atualizar download existente.
Entre as opções estão configurações de Proxy, filtros para não copiar determinados conteúdos, definição de limites de tamanho para download e controle de banda.


Fonte: Baixaki

PBX e PABX quem é quem?


PBX

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Um PBX Avaya G3si com a frente removida

Um interfone pode ser ligado ao PBX.
Um PBX (sigla em inglês de Private Branch Exchange cuja a tradução seria Troca de ramais privados ou ainda PABX para Private Automatic Branch Exchange, cuja tradução seria Troca automática de ramais privados) é um centro de distribuição telefônica pertencente a uma empresa que não inclua como sua atividade o fornecimento de serviços telefônicos ao público em geral.
Atualmente os PBX são sistemas manuais obsoletos (necessitam um operador), tendo sido substituídos por sistemas automáticos conhecidos como PABX ou PPCA. Uma PABX permite efetuar ligações entre telefones internos sem intervenção manual, ou ainda telefonar e receber telefonemas da rede externa (geralmente pública). Podem consistir de uma plataforma de hardware ou somente software, este último que pode ser instalado no computador para a interação com a telefonia via Internet.
Um telefone doméstico geralmente está conectado diretamente à operadora local de telefonia, podendo realizar chamadas discando o número de destino desejado. Em um ambiente corporativo normalmente existem muito mais ramais do que linhas telefônicas, principalmente devido ao custo, havendo a necessidade de um ponto central para gerenciar e distribuir as chamadas, o que é feito pelo PABX. O equipamento torna-se também um elemento de controle dos usuários de ramais, podendo gerenciar permissões de uso individuais ou por grupo.
Para concluir, temos que afirmar que PABX é uma central telefônica onde chegam as linhas da rede pública e saem os ramais para os usuários. Nesta central também podem ser conectados o interfone para tocar direto no telefone e muitas outras funções. Geralmente quem utiliza as funções do PABX no dia-a-dia são os profissionais de secretariado, que precisam possuir um aparelho de telefone TI (Terminal Inteligente) para terem acesso a todas as funções da central telefônica.


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/PBX

Vírus brasileiro realiza transferência bancária sozinho e rouba 5 mil

Transferência vai para o Bradesco, que afirmou que a conta não existe.
Técnica oculta informações de endereço IP dos criminosos.



Detalhe do código que realiza a TED. (Foto: Reprodução)

A Linha Defensiva encontrou uma praga digital brasileira capaz de realizar, sozinha, umaTransferência Eletrônica Disponível (TED). Quando o usuário faz o login no Internet Banking, a praga se encarrega de realizar a transferência no valor R$ 5 mil para uma conta pré-programada no código do vírus.
A conta que recebe o dinheiro está cadastrada no Bradesco em nome de alguém chamado Pedro Henrique – provavelmente um laranja. ALinha Defensiva comunicou o banco e cedeu uma cópia do programa malicioso, que ainda contém o número, agência e CPF da conta cadastrada. Até o momento o banco não informou qualquer providência.
Esse tipo de ataque já era previsto por especialistas e códigos demonstrando o conceito já foram criados, mas é a primeira vez que um vírus verdadeiro o utiliza. A vantagem do vírus é dispensar o acesso à conta a partir do computador do criminoso, criando menos rastros do crime e dificultando a identificação da transferência maliciosa pelo próprio banco, que verifica anomalias – como uma transferência realizada a partir de um computador que nunca acessou a conta.
Os vírus nacionais normalmente roubam as informações para que os criminosos realizem a transferência depois – algo que essa praga consegue fazer diretamente.
A praga é executada através de um complemento malicioso instalado pelo vírus no Internet Explorer. Quando a vítima acessa a sua conta, esse código realiza o golpe. Caso a vítima não tenha os R$ 5 mil na conta, o vírus verifica o saldo e transfere o que estiver disponível.
O código parece ter também uma função para pagar boletos, mas o funcionamento desse recurso ainda não está claro.
Como quase todos os outros vírus brasileiros, a praga chega em uma fraude por e-mail. O vírus foi obtido em uma amostra cedida por um internauta à Linha Defensiva, por meio do sistema que recebe essas denúncias – o ARIS.
O BankerFix, ferramenta de remoção de vírus bancários distribuída pela Linha Defensiva, removerá a praga a partir da próxima atualização.
[ Atualizado 03/08 às 15h ] O Bradesco enviou nota à Linha Defensiva afirmando que a conta não existe.
Trata-se de um vírus já conhecido do mercado. Quanto as informações da Agência e conta corrente constante no arquivo não são do Bradesco.
Acreditamos tratar-se de conta fictícia para teste do desenvolvedor
O vírus foi capturado pela Linha Defensiva no dia 21 de julho. Embora outras pragas semelhantes possam já estar em circulação, é a primeira vez que um ataque desse tipo foi anunciado publicamente no Brasil.
Altieres Rohr colaborou com a reportagem
Fonte: http://www.linhadefensiva.org
.

Não realizamos upload dos ficheiros, apenas reportamos os links que encontramos na própria Internet. Assim, toda e qualquer responsabilidade não caberá ao administrador deste blog. Este blog não tem como objetivo reproduzir as obras, apenas divulgar o que foi encontrado na Internet. Os filmes aqui informado são de cunho científico assim como as series as quais são produzidas para exibição em TV aberta. Uma vez que a serie não tenha sido ripada de um DVD ou seja a mesma foi gravada do sinal de TV aberta com o respectivo selo da emissora não é caracterizado crime pois a mesma foi produzida para exibição pública. Sera crime quando for realizado venda deste produto. Quem efetuar download de qualquer ficheiro deste blog que não tenha seu conteúdo de base Open Source (Código Aberto) ou FOSS (Free Open Source Software) deverá estar ciente que terá 24 horas para eliminar os ficheiros que baixou. Assista-o e procure Revendas Autorizadas. Se algo contido no blog lhe causa dano ou prejuízo, entre em contacto, que iremos retirar o ficheiro ou post o mais rápido possível. Se encontrou algum post que considere de sua autoria favor enviar e-mail para suporte@delphini.com.br informando o post e comprovando sua veracidade.

Muito obrigado a todos que fizeram deste blog um sucesso.

Creative CommonsEsta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando nome do autor, data, local e link de onde tirou o texto). Você não pode fazer uso comercial desta obra.Você não pode criar obras derivadas.